Tuesday, 8 February 2011

Estou cansada...





Estou cansado, é claro, 
Porque, a certa altura, a gente tem que estar cansado. 
De que estou cansado, não sei: 
De nada me serviria sabê-lo, 
Pois o cansaço fica na mesma. 
A ferida dói como dói 
E não em função da causa que a produziu. 
Sim, estou cansado, 
E um pouco sorridente 
De o cansaço ser só isto — 
Uma vontade de sono no corpo, 
Um desejo de não pensar na alma, 
E por cima de tudo uma transparência lúcida 
Do entendimento retrospectivo... 
E a luxúria única de não ter já esperanças? 
Sou inteligente; eis tudo. 
Tenho visto muito e entendido muito o que tenho visto, 
E há um certo prazer até no cansaço que isto nos dá, 
Que afinal a cabeça sempre serve para qualquer coisa. 

Álvaro de Campos, in "Poemas" 
Heterónimo de Fernando Pessoa


Bota Greceland 
Bolsa Guess 
Vestido Manganaro 
Max Cardigan Manganaro 
Cachicol Paul and Bear 


10° C 


Baci & Abbracci 


Josi 

2 comments:

  1. olá querida
    q cardigan mais lindo!

    bejO e boa tarde

    ReplyDelete
  2. sabe que eu tb estou?! heeh

    adoro marrom com bege, acho lindo!!!

    beijosss jo!!!

    ReplyDelete

Obrigado pelo seu recado e carinho! Respondo sempre aqui.

Baci&Abbracci