Monday, 30 November 2009

começei a chorar

Acordei cedo hoje pois tinha programado para ir Reconhecer todos os meus Diplomas de Estudo aqui na Italia, eu ja tinha feito a traduçao e Reconhecimento no Brasil, mas aqui na Italia para fazer algum tipo de concurso publico ou curso publico precisa fazer o Reconhecimento oficial. Como semana passada achei um curso (publico) que gostaria muito de fazer, e faltava esse Documento, e como todo brasileiro deixa sempre para ùltima hora, là vou eu correr contra o tempo. Depois de uma pesquisa descobri onde deveria levar esses documentos, mas resolvi ligar antes de ir para nao dar viagem perdida; quando a Senhora me atendeu, alèm de ser muito arrogante, prepotente e racista, me ofendeu e disse que eu nao poderia fazer o reconhecimento se nao era Cidada italiana. Sabe aquele tipo de pessoa que nao è dispota a tirar as suas dùvidas e te explicar bem como funcionam as coisas. Desliguei o telefone e começei a chorar de raiva, de sensaçao de impotencia, de estar em um Paìs de pessoas mal educadas, racistas, materialistas e gananciosas, de estar em um paìs que nao se pode fazer nada. Todas as vezes que quero fazer alguma coisa, tem uma barreira, uma dificuldade, alguma coisa para nao dar certo. Fico indignada como certas pessoas se acham no direito de julgar as outras sem conhecer com apenas 1 minuto ao telefone ..Começei a chorar, pois no fundo eu jà sabia que nao seria fàcil, como todas as outras vezes, começei a chorar pois estou cansada de tudo ser sempre dificil, de ser sempre uma Estrangeira, de ter limtes em tudo. Começei a chorar pois nao consegui me defender sozinha, deixei que uma "Qualquer" me tratar mal e nao disse nada, começei a chorar pois fui fraca e nao fui eu mesma, começei a chorar pois a resposta que deveria dar aquela "Qualquer" vai estar sempre presa na garganta.

No comments:

Post a Comment

Obrigado pelo seu recado e carinho! Respondo sempre aqui.

Baci&Abbracci