Monday, 3 August 2009

V.E.N.E.Z.I.A 2





























Veneza é uma cidade única no mundo por ser construída em 118 ilhas no interior de uma grande lagoa. As ilhas da lagoa foram refúgio para os povoadores da costa que entre o século IV e V, caíam frente às invasões dos bárbaros que penetravam desde este no que restava do Império Romano. Lentamente os povoadores construíram uma cidade que já no século XII era conhecida em todo o mundo ocidental.Veneza alcançou o seu máximo esplendor entre os séculos XVII e XVIII quando a República Véneta dominava todo o nordeste de Itália, Dalmacia e umas contas ilhas do Mar Egeu, incluíndo Rodi e Chipre. Nestes séculos, os mercadores de Veneza comercializavam com todos os portos do mundo. Havia venezianos nos portos do Oriente Médio, da Índia e até da China. Houve, naqueles séculos, um grande desenvolvimento de arte e da cultura (pintores, escultores, arquitectos) e houve também um grande desenvolvimento na “Commedia dell’arte”. O celebérrimo teatro veneziano cujas representações mais significativas tiveram enorme êxito nas maiores cortes européias.Destes esplêndidos séculos, chegaram à nossa época importantes obras mas também essa atmosfera doce e requintada que se respira ao passearmos pelas suas pequenas ruas ou navegando lentamente através dos seus canais nas famosas gôndolas, ouvindo cantar um “gondolie.




O povoamento da região data do século 6 d.C. Entre 1140 e 1160, a cidade se tornou uma república e, em 1797, foi tomada por Napoleão Bonaparte. Quase um século mais tarde, em 1866, a cidade foi anexada ao reino da Itália, que havia nascido cinco anos antes.Entre eles, o palácio Ducal, reconstruído nos séculos 14 e 15 para ser residência dos doges (governantes da cidade) e sede do governo e palácio da Justiça da 'Serenissima Repubblica di Venezia', que complementa o conjunto arquitetônico veneziano.

No comments:

Post a Comment

Obrigado pelo seu recado e carinho! Respondo sempre aqui.

Baci&Abbracci